o decisor

luis sarmento - 2009


@museu de aveiro

A presença humana define-se pelas relações de cada indivíduo com tudo o que o rodeia. Essas relações são necessariamente mediadas uma vez que não estamos, de uma forma directa e consciente, ligados à nossa própria essência. A manifestação de uma essência humana faz-se numa primeira instância pelo corpo e por uma condição física que impede que ele partilhe o mesmo espaço com qualquer outro corpo, mas amplifica-se na complexa tarefa de nos comunicarmos aos outros. Os sistemas simbólicos que assumem um papel fundamental como instrumento nesse processo comunicacional são um conjunto interminável de convenções partilhadas, em maior ou menor grau, pelos intervenientes desse processo. Ainda assim, mesmo que as convenções sejam semelhantes entre dois interlocutores, a comunicação distancia-se da mera troca de pequenos blocos de informação, que seriam aceites sem reservas por cada um deles. O diálogo mediado pel'O decisor aproxima-se de uma acção negocial de circunstância com o objectivo implícito da superioridade do discurso.